segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Sessão Fechada

Arte do Pinterest, Cristi-B.

No Brasil as coisas são mais demoradas para acontecer, mas não quer dizer que não chegam, por isso, inclusive, é lar de uma grande e vasta coalizão de raças. Lembre da história da civilização: Muitos seres foram dizimados em suas terras, exilados e banidos por apenas existirem, outras vezes por serem tão nocivos à raça humana que a sua simples menção trazia choro aos que sobreviveram. Guerras aconteceram para acabar com a praga, ora real ora surreal, e justificativas foram dadas, era a fome, a sede, a terra, a fé, a raça, o petróleo... Cada momento um tema para jogar e gerar rios de dinheiro e sangue em nome de algo, em prol de alguém. A fé não estaria longe disso tudo. Se estabelecia em um movimento contra tudo aquilo que era inumano. A fé se tornou escudo e espada da humanidade. Cada povo com sua crença, cada indivíduo com sua própria história de sobrevivência. Quem tem o poder impõe sua vontade e, por gerações, a dominação é o ápice da vida. Dominar é sinônimo de existência. 
O ano é 2018, a tecnologia comum é ultrapassada a cada 60 dias, evoluindo de forma dinâmica e orgânica. Aqui o recorte será deveras específico, uma retrato íntegro de uma manipulação velada. Se reúnem a cada ciclo, de quatro em quatro anos, para escolherem o próximo representante do governo. Sempre escolhido por sorteio o local de encontro, o Elísium Metropolita em São Paulo D.C, sedia o evento deste Estado soberano. Em reunião solene, estão presentes os sete anciões desta terra, escolhidos cada qual pelo seu clã, em seu próprio sistema político. Os Sete permanecerão durante sete dias e sete noites, discutindo e debatendo sobre o próximo reinado. Sendo necessário cinquenta por cento dos votos mais um (50%+1). Sendo um número primo e ímpar, você pode achar que são votações difíceis, mas não são, das atas fixadas e mandadas para cada governador e príncipes para que sejam seguidas à risca, os votos são sempre 6 a favor e 1 contra. A visão quase unânime dos clãs vem seguindo as gerações. Muito peculiar contar que o voto contra sempre é do clã Malkavian? 
A sessão acontece em uma sala precisa, sem iluminação, sem tecnologia, à prova de som e de bala, com as paredes em concreto maciço, sete metros de concreto mais uma placa de titânio de 2 metros e outros sete metros de concreto. Visto pelo composição você percebe que é no subsolo, com escadas para encaminhar, velas para acender, e papel, tecido, e café. Como faziam os antigos nos jardins da babilônia, uma tradição trazida por um Toreador e mantida pela simplicidade e respeito histórico. 
A cada dia é rezada uma tradição da conduta da Camarilla, e a cada dia é tema explicatório dos motivos do representante ser aquele e não outrem. Um dia por vez, uma reza por noite. Assim é feito aqui, nas terras-brasilis. Até hoje. 



PRIMEIRA NOITE: A MÁSCARA

Não revelarás tua verdadeira natureza àqueles que não sejam do Sangue. Fazer isso, é renunciar aos teus direitos de Sangue.

SEGUNDA NOITE: O DOMÍNIO

Teu domínio é de tua inteira responsabilidade. Todos os outros devem-te respeito enquanto nele estiverem. Ninguém poderá desafiar tua palavra enquanto estiver em teu domínio.

TERCEIRA NOITE: A PROGÉNIE

Apenas com a permissão de teu ancião gerarás outro de tua raça. Se criares outro sem a permissão de teu ancião, tu e tua progénie serão sacrificados.

QUARTA NOITE: A RESPONSABILIDADE

Aqueles que criares serão tuas próprias crianças. Até que tua progénie seja liberada, tu os comandará em todas as coisas. Os pecados de teus tilhos recairão sobre ti.

QUINTA NOITE: A HOSPITALIDADE

Honrarás o domínio de teu próximo. Quando chegares a uma cidade estrangeira, tu te apresentarás perante aquele que a governa. Sem a palavra de aceitação, tu não és nada.

SEXTA NOITE: A DESTRUIÇÃO

Tu estás proibido de destruir outro de tua espécie. O direito de destruição pertence apenas ao teu ancião. Apenas os mais antigos dentre vós convocarão a Caçada de Sangue.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultimo suspiro

  Imagem por breezeh ou @briscoepark Navegar pelas redes sociais em tempos de pandemia é um caminho tortuoso. No começo, entre os três prime...