terça-feira, 13 de julho de 2010

Tenho um segredo para contar...

Geralmente as pessoas chegam a mim para contar histórias, segredos ou comentários. Isso passado para mim como um túmulo, mas não é bem assim que vejo tudo isso. Alguns chegam e dizem ter a necessidade de falar para mim, de me ter como amigo verdadeiro, bom ouvinte e coisas do tipo. Mas eu pergunto para eles o motivo disto se passar, pergunto se eu tenho cara de que não contarei nada a ninguém. Sabe o que respondem? "Você não só tem cara. você tem cara, olhar e espírito de pessoa confidente e amiga. A sua presença trespassa confiança, suas palavras afeto e seu olhar a verdade."

Depois de ouvir isso me sinto obrigado a ouvir e comentar o que eu acho sobre tais segredos, e levo comigo (geralmente esqueço deles) para a vida toda, sem nunca mais tocar no assunto. Não me sinto mal por ouvir, embora às vezes não concorde com o que ouço, mas creio que se as pessoas me vêem como porto seguro, faço por onde merecer e espero nunca decepcionar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Já é hora

Imagem por HELLO KACZI Sim, acabamos de chegar em dezembro. Não parece, mas novembro correu como uma tempestade. Parece que esse ano durou t...